Cinema
Extremos

Extremos

PENEDO, AL – Há algo de diferente no Festival de Cinema Universitário de Alagoas. É isso o que se comenta por aqui. Pois, se no ano anterior, o evento foi marcado pela expressiva participação tanto de público, quanto de realizadores, a terceira edição está bem mais tímida.

Ao todo, cerca de 50 curtas foram avaliados e 25 foram selecionados por uma comissão especialista na área composta por Ranieri Brandão, Ricardo Lessa e Tiago Penna. A segunda edição, contou com 92 inscritos e 27 aprovados.

O sergipano Fábio Rogério Rezendo, diretor do curta “A eleição é uma festa” exibido no primeiro dia da Mostra Competitiva, foi o único representante de um filme vindo de outro estado para o festival.

A qualidade do que foi projetado também foi aquém das expectativas. Ontem (15), no último dia da mostra, a sensação unânime da platéia pareceu ser de decepção – exceto pelo curta “Lembranças de Maura” (SP), de Bruna Lessa.

Já na quinta-feira (14), foram exibidos “Leprosário” (PB), de Luís Augusto Barbosa, “Carta para Hayan Rubia” (RJ), de Bárbara Danielle Vieira e Paula Sancier, “Salão dos artistas” (AL), de José Faustino Neto, “Os sobreviventes”, de Daniel Nalasco e Marcella Coppo, e “O que aprendi com o meu pai” (GO), de Getúlio Ribeiro.

 “Matador”, do diretor alagoano Vladymir Lima, teve a sua exibição cancelada a pedido do próprio realizador. Vladymir solicitou a Sérgio Onofre, que responde pela organização geral do evento, a substituição da cópia do filme por outra, cujo áudio havia sido melhorado. Onofre, na abertura da Mostra Competitiva daquele dia, informou ao público que no edital era vetado a troca de trabalhos, após encerrado o prazo estipulado.

Um caso semelhante aconteceu na edição anterior do evento com o curta “12:40”, feito por estudantes da Ufal. A substituição da cópia do filme também havia sido negada. Contudo, o trabalho ganhou a categoria “Melhor curta alagoano”.

Resultado
Os vencedores nas categorias de Melhor Curta-Metragem – Júri Oficial”, “Prêmio Velho Chico de Cinema Alagoas” e “Melhor Curta-Metragem Eleito pelo Público” serão conhecidos na noite de hoje (16) em cerimônia que será realizada às 20h, no Theatro Sete de Setembro.

Compartilhe

Posts Relacionados

Responder

Seu e-mail não vai ser publicado. Required fields are marked *